Nuno-borges-francisca-jorge

Nuno Borges e Francisca Jorge imperaram em Vale do Lobo

29 Junho, 2020

A tarefa não se adivinhava fácil, mas a 1ª prova do Circuito Sénior FPT, em Vale do lobo, que contou com os melhores tenistas portugueses da actualidade, terminou com dois nortenhos como campeões.

Por um lado, o triunfo de Francisca Jorge no quadro feminino da etapa que marca o regresso às competições nacional de ténis, foi algo… natural. Número 1 portuguesa há largos meses (579ª WTA) e, consequentemente, a jogadora mais cotada da competição e principal favorita à vitória no torneio, mostrou estar preparada para os bons talentos que poderia (e viria) a encontrar pela frente, mantendo o foco e profissionalismo até à última batida da final frente à mais experiente Inês Murta, procurando regressar melhorar o seu jogo e forma física nesta espécie de “pré-época”.

Além da vice-campeã de pares do Porto Open 2016, estiveram ainda presentes Maria Inês Fonte (ET Maia), Joana Baptista (TL Boavista) e Madalena Amil (TL Boavista), curiosamente, as três integrantes do Grupo 3, na 1ª Fase da prova. Maria Inês Fonte passou em primeiro lugar, cedendo depois na meia-final contra Murta (6-3 e 6-2). Matilde Jorge (CT Guimarães) ficou no Grupo 4 e venceu Ana Filipa Santos, mas no frente-a-frente com Inês Oliveira, a lisboeta levaria a melhor, seguindo para as “meias”.

Por outro lado, no quadro masculino a história não foi tão linear para os principais favoritos. Partilhando o grupo com o nº 1 português e 66º ATP, João Sousa (Class Academy), Nuno Borges (ET Maia) não se deixou intimidar, fez-se de David, tombou “Golias” e saiu vencedor do encontro (e do Grupo 1). Em outros grupos, Luís Faria (CT Guimarães) não foi tão feliz e seria eliminado por Pedro Sousa e Pedro Araújo, ao passo que João Monteiro (CT Porto) ficou atrás de Gastão Elias na corrida por uma das vagas nas semifinais.

As surpresas continuaram e os tenistas menos cotados passaram as meias-finais de forma imponente. O vice-campeão do Porto Open 2018, que treinou nos courts do Monte Aventino e Maia nos priemiros períodos de desconfinamento, continuou focado e derrubou, desta feita, Gastão Elias pelos parciais de 6-4 e 6-3. Pedro Araújo, que havia deixado para trás Tiago Cação na meia-final, não teve argumentos suficientes para fazer frente a Borges na grande final, cedendo por duplo 6-3.

A “comitiva” segue para Lisboa, onde já se joga a 2ª etapa do Circuito Sénior FPT, contando novamente com a participação de vários tenistas treinados em clubes desta região. Os jogos têm transmissão em directo na Sport TV e no website oficial do circuito.

 

Eis as prestações de todos os nortenhos presentes na 1ª etapa do Circuito Sénior FPT:

 

Masculinos

Nuno Borges – ET Maia: Campeão

João Sousa – Class Academy (Grupos)

Luís Faria – CT Guimarães (Grupos)

João Monteiro – CT Porto (Grupos)

Tiago Fernandes – LTC Foz (Qualy)

Afonso Portugal – SCAS (Qualy)

Bernardo Roque – LTC Foz (Qualy)

Hugo Maia – CT Braga (Qualy)

Valentin de Carvalho – CT Viana (Qualy)

Manuel Gonçalves – CT Porto (Qualy)

Paulo Fernandes – LTC Foz (Qualy)

Henrique Rocha – ET Maia (Qualy)

Bernardo Branco Teixeira – CT Porto (Qualy)

Francisco Cabral – CT Porto (Qualy)

Fábio Coelho – ET Maia (Qualy)

 

Femininos

Francisca Jorge – CT Guimarães: Campeã

Maria Inês Fonte – ET Maia (Meias)

Madalena Amil – TL Boavista (Grupos)

Matilde Jorge – CT Guimarães (Grupos)

Bárbara Balancho – LTC Foz (Qualy)

Joana Baptista – TL Boavista (Grupos)

Luísa Pelayo – TL Boavista (Qualy)

Mafalda Guedes – ET Maia (Qualy)

Maria Santos – ET Maia (Qualy)

Relacionados

CNE-sub14-sub18
ET Maia, CT Braga, Lousada TA, GC Santo Tirso e GC Vilacondense competiram nos CNE Sub14 e Sub18
et-maia-cne
ET Maia faz o pleno no Campeonato Nacional de Equipas Sub16
agueda-tenis
Hugo Maia vence prize-money de Águeda repleto de nortenhos
atporto-tennis-series
Torneio Cidade Viana do Castelo e Open Vet Braga encerram AT Porto Tennis Series de Julho
porto-open-junior
Tiago Torres e Kotisha Modak triunfam no Porto Open Junior 2020